Purchase

Fale conosco: (12) 3202-1700

e-compras@editoracristaevangelica.com.br

PARABOLAS DE JESUS - Guia do Professor

O Evangelho de Marcos foi o primeiro a ser escrito. O evangelista, descrevendo a atividade de Jesus, faz 14 referências ao fato de que o Senhor estava envolvido em ensinar as multidões ou os discípulos. O ministério de ensino de Jesus era efetivo e foi atestado pelo fato de que os discípulos se lembraram das Suas palavras e repetiram a outros. Foi Marcos que testemunhou isto: “Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinavam como quem tem autoridade e não como os escribas” (Mc 1.22). Jesus era Mestre por excelência!

O método de ensino que Jesus mais usava eram parábolas. São 44 parábolas registrados nos evangelhos sinóticos. Elas eram narrativas, imaginadas ou verdadeiras, que Jesus apresentou com o fim de ensinar uma verdade. Marcos relata que Jesus “sem parábolas não lhes falava” (Mc 4.34). De fato, a parábola, tantas vezes aproveitada por Jesus, servia para esclarecer os Seus ensinamentos, referindo-se à vida comum e aos interesses humanos, para demonstrar a natureza do Seu reino e para testar a disposição dos Seus ouvintes, como podemos ver na reação dos principais sacerdotes que, “ouvindo estas parábolas, entenderam que era a respeito deles que Jesus falava” (Mt 21.45).

É interessante notar como Jesus aproveitava a natureza a fim de tirar ilustrações para Suas parábolas (semeador, semente de mostarda, joio e trigo); algumas vezes, Ele usou os costumes familiares da vida cotidiana (fermento, ovelha perdida, homem dormindo em casa com a família quando o vizinho bate à porta); outras vezes, aproveitou os acontecimentos na vida da cidade (juiz injusto, trabalhadores na vinha, bom samaritano, dez virgens) para dar vida ao Seu ensino.
Crianças, jovens e adultos, através dos séculos, têm ficado encantados com as histórias de Jesus. Ao estudarmos as parábolas do nosso Senhor e Salvador, que a nossa fé Nele cresça e se aprofunde, e que, como o “incrédulo” Tomé, possamos dizer: “Senhor meu e Deus meu!”. Que aprendamos novas lições por meio destas velhas histórias!
ISBN: 859864982-1
Páginas: 80
Tamanho: 14x21
Categoria: Adultos (Acima de 25 anos)
Ano: 1998

Descrição

Conheça as duas primeiras lições da revista:



Status : Em estoque

Cod.: ADU43P-2
R$9,75

Passe o mouse para ampliar

  • http://editoracristaevangelica.com.br/media/catalog/product/cache/1/image/9df78eab33525d08d6e5fb8d27136e95/ADU43P.jpg

O Evangelho de Marcos foi o primeiro a ser escrito. O evangelista, descrevendo a atividade de Jesus, faz 14 referências ao fato de que o Senhor estava envolvido em ensinar as multidões ou os discípulos. O ministério de ensino de Jesus era efetivo e foi atestado pelo fato de que os discípulos se lembraram das Suas palavras e repetiram a outros. Foi Marcos que testemunhou isto: “Maravilhavam-se da sua doutrina, porque os ensinavam como quem tem autoridade e não como os escribas” (Mc 1.22). Jesus era Mestre por excelência!

O método de ensino que Jesus mais usava eram parábolas. São 44 parábolas registrados nos evangelhos sinóticos. Elas eram narrativas, imaginadas ou verdadeiras, que Jesus apresentou com o fim de ensinar uma verdade. Marcos relata que Jesus “sem parábolas não lhes falava” (Mc 4.34). De fato, a parábola, tantas vezes aproveitada por Jesus, servia para esclarecer os Seus ensinamentos, referindo-se à vida comum e aos interesses humanos, para demonstrar a natureza do Seu reino e para testar a disposição dos Seus ouvintes, como podemos ver na reação dos principais sacerdotes que, “ouvindo estas parábolas, entenderam que era a respeito deles que Jesus falava” (Mt 21.45).

É interessante notar como Jesus aproveitava a natureza a fim de tirar ilustrações para Suas parábolas (semeador, semente de mostarda, joio e trigo); algumas vezes, Ele usou os costumes familiares da vida cotidiana (fermento, ovelha perdida, homem dormindo em casa com a família quando o vizinho bate à porta); outras vezes, aproveitou os acontecimentos na vida da cidade (juiz injusto, trabalhadores na vinha, bom samaritano, dez virgens) para dar vida ao Seu ensino.
Crianças, jovens e adultos, através dos séculos, têm ficado encantados com as histórias de Jesus. Ao estudarmos as parábolas do nosso Senhor e Salvador, que a nossa fé Nele cresça e se aprofunde, e que, como o “incrédulo” Tomé, possamos dizer: “Senhor meu e Deus meu!”. Que aprendamos novas lições por meio destas velhas histórias!
ISBN: 859864982-1
Páginas: 80
Tamanho: 14x21
Categoria: Adultos (Acima de 25 anos)
Ano: 1998

Lição 1 -
A didática de Jesus

Ao estudar esta lição, você será capaz de compreender a importância das parábolas nos ensinos de Jesus, assim como sua relevância para os dias de hoje.

Lição 2 -
O semeador

Ao estudar esta lição, você será capaz de compreender a importância de continuar semeando cada vez mais a boa semente, a palavra de Deus, nos corações, sem discriminar país de origem, raça/cor e condição social.

Lição 3 -
O joio e a rede

Ao estudar esta lição, você verá não só a realidade da presença do mal entre o bem, mas também o constante conflito existente entre eles, entre Deus e Satanás.

Lição 4 -
O grão de mostarda e o fermento

Ao estudar esta lição, você verá o tremendo poder e autoridade do nosso Deus sobre todas as coisas. Verá, também, que Ele age pelos planos que estabeleceu, cumprindo-os, sem nada fugir ao controle dos Seus desígnios.

Lição 5 -
O tesouro escondido e a pérola de grande valor

Ao estudar esta lição, você entenderá que o maior investimento da terra é no céu, pois quem assim faz investe para a eternidade.

Lição 6 -
O credor incompassivo

Ao estudar esta lição, você terá condições de entender o tamanho da responsabilidade que o cristão tem em relação à prática do perdão e as implicações de negligenciá-lo.

Lição 7 -
Os trabalhadores na vinha

Ao estudar esta lição, você será capaz de aprender que Deus dá importância não tanto à quantidade do trabalho feito, mas ao espírito com que o trabalho é feito.

Lição 8 -
As dez virgens

Ao estudar esta lição, você aprenderá a necessidade de se preparar para a volta iminente de Jesus, demonstrando prudência, paciência e responsabilidade.

Lição 9 -
A parábola dos talentos

Ao estudar esta lição, você aprenderá a necessidade de usar e multiplicar os talentos dados por Deus.

Lição 10 -
O bom samaritano

Ao estudar esta lição, você terá condições de entender quem é o seu próximo, e será confrontado com o fato de ter sérias responsabilidades no relacionamento com ele.

Lição 11 -
O amigo importuno e a viúva insistente

Ao estudar esta lição, você será motivado a orar constantemente, tendo a certeza de que estará agradando a Deus e será atendido.

Lição 12 -
O rico insensato

Ao estudar esta lição, você terá condições de compreender que o sentido da vida não está na abundância dos bens que possui, mas em Deus e em obedecer aos Seus mandamentos.

Lição 13 -
A grande ceia

Ao estudar esta lição, você perceberá a oferta clara da graça de Jesus e desejará participar da bendita obra de ir buscar os que ainda estão “lá fora”.

Lição 14 -
Perdidos e achados!

Ao estudar esta lição, você compreenderá o grande amor de Deus por um pecador perdido e a grande alegria Dele quando este é recuperado.

Lição 15 -
O administrador infiel

Ao estudar esta lição, você será capaz de compreender a necessidade de ser prudente na maneira que usa os bens materiais.

Lição 16 -
O rico e Lázaro

Ao estudar esta lição, você será incentivado a praticar a justiça do reino de Deus em vida, aproveitando as oportunidades que Deus lhe dá.

Lição 17 -
O fariseu e o publicano

Ao estudar esta lição, você será desafiado a ser franco e transparente na presença do Senhor, pois é a única maneira de conseguir o que se busca da parte Dele.


Base on your selection, you may be interested in the following items